Biomarinha e
Pico da Bandeira

 

Inesquecível pesquisa no litoral do Espírito Santo com suas grandes extensões de praias não exploradas para fins turísticos e preservação ambiental impressionante. Há fragmentos excelentes de mata atlântica repletas de beleza com uma fauna e flora exuberante.

Além disso, explorar o Parque Nacional do Caparaó, onde por volta de 1859, D. Pedro II determinou que fosse colocada uma bandeira do Império no pico mais alto da Serra do Caparaó.

Biomarinha e Pico da Bandeira
Biomarinha e Pico da Bandeira
Biomarinha e Pico da Bandeira
Chapada Diamantina

 

Região de serras, situada no centro da Bahia, onde correntes de águas brotam nos cumes e deslizam pelo relevo em belos regatos, despencam em borbulhantes cachoeiras e formam transparentes piscinas naturais, reúne variados atrativos naturais e culturais, no coração do Estado da Bahia. Roteiro certo para quem busca paz e tranquilidade ou para quem está atrás de história e aventura.

Chapada Diamantina
Chapada Diamantina
Chapada Diamantina
Cidades Históricas de Minas Gerais

 

Uma viagem que nos faz voltar no tempo e vivenciar experiências que relembram o período do ciclo da mineração. Além da história da época do Brasil colonial, quem visita a região pode conhecer as particularidades e delícias da cozinha mineira e também percorrer trilhas que revelam paisagens cercadas por  montanhas e serras. 

Cidades Históricas de Minas Gerais
Cidades Históricas de Minas Gerais
Cidades Históricas de Minas Gerais
Goiás Velho

 

Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, a cidade de Goiás é repleta de detalhes históricos e culturais. A paisagem urbana é marcada por um conjunto arquitetônico dos séculos XVIII e XIX e por saberes e fazeres culturais diversos. As pedras desalinhadamente colocadas nas ruas do Centro Histórico e as casas de pau a pique chamam a atenção de quem está acostumado com asfalto e arranha-céus.

Goiás Velho
Goiás Velho
Paracatu

 

Poucos lugares apresentam tanta diversidade quanto Paracatu. É a única cidade histórica da região Noroeste de Minas Gerais. São dois séculos de história que refletem a cultura barroca em casarios, igrejas, sobrados, becos e ruas. 
A diversidade ecológica também está presente nas grutas, cachoeiras, flora e fauna.

Paracatu
Paracatu
Paracatu
Pirenópolis

 

Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, guarda os encantos da vida do interior e convida seus visitantes a conhecer e interagir com suas construções coloniais e fazendas, com sua rica e farta gastronomia, com seus santuá-rios ecológicos e com sua gente cordial e hospitaleira, além de manifestações tradicionais como a Festa do Divino e Cavalhada.

Pirenópolis
Pirenópolis
Pirenópolis
Sampa Cultural

 

Na visita ao Museu da Língua Portuguesa vamos conhecer o museu que nos mostra a origem do nosso idioma de uma maneira lúdica e prazerosa, e é claro que não podemos de passar pelo ao famoso Museu de Arte de São Paulo, carinhosamente conhecido como MASP.

No Catavento Cultural, veremos um grande e magnífico espaço cultural e educacional voltado à ciência e os problemas sociais, de um modo atraente e participativo.

Um outro ponto de parada é o Instituto Butantã. Um centro de pesquisa biomédica de renome internacional em pesquisa científica de animais peçonhentos possui uma das maiores coleções de serpentes do mundo.

Sampa Cultural
Sampa Cultural
Sampa Cultural
Sampa Cultural
Terra Ronca

A expressão deriva do rugido dos rios que atravessam as cavernas, e do burburinho das cachoeiras que despencam em suas entranhas. Uma das mais espetaculares atrações subter- râneas do hemisfério sul: as Cavernas de “Terra Ronca”, hoje consagradas como um  dos maiores  complexos espeleo- lógicos, não só do Brasil, como da América Latina e também do mundo.

Terra Ronca
Terra Ronca
Terra Ronca